segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Oceano no peito

Disseram-me que quero abraçar o mundo,mas tenho braços pequenos. Sei que não são tão grandes e que não consigo acariciar a todos,porém digo-lhes,tenho tanto calor em meus braços! E esse mesmo calor contagia quem já abracei e estes sentem inevitável necessidade de abraçar também.Em meu coração não sinto-me uma gota,mas um oceano inteiro! Sempre assim.. COMPLETA!
Minha vontade é que todos pudessem sentir um dia este oceano,com ondas fortes e veementes. Sinto o mundo como um ser em que posso conquistar,abraçar...
Queria que todos fossem como eu e tivéssemos a certeza de que sozinhos nada somos,mas juntos podemos ajudar o mundo, aquele amigo,aquele ser.

4 comentários:

  1. Eu sou uma gotinha no seu oceano o/

    ResponderExcluir
  2. "Sei que meu trabalho é uma gota no oceano, mas sem essa gota o oceano seria ainda menor"
    (Madre Tereza de Calcutá)

    ResponderExcluir
  3. Talvez os braços não sejam pequenos para quem nao tem pressa.

    ResponderExcluir
  4. Ou talvez os braços embora pequenos,possam justar-se a outros braços e assim fazer-se maior.

    ResponderExcluir

E então???